A Ilha das Quatro Estações
A Ilha das Quatro Estações
A Ilha das Quatro Estações

A Ilha das Quatro Estações

Preço normal €14,60 Preço de saldo €13,14
Preço unitário  por 
I.V.A. incluído. Envio calculado na finalização da compra.

SOBRE O LIVRO

A ILHA DAS QUATRO ESTAÇÕES reúne alguns dos contos de JOSÉ VIALE MOUTINHO, publicados entre 2010 e 2015. Trata-se de uma recolha de textos feita a partir dos livros em que o autor recorre à Ilha da Madeira, a “rainha das ilhas, como se houvesse uma monarquia da terra que está dispersa no oceano” (Fechem essas malditas Gavetas! p. 105), como espaço privilegiado para centrar a acção e, talvez assim, prestar uma homenagem à terra onde nasceu, na Rua da Carreira, número 174, no Funchal.

— Ana Isabel Moniz

Desdobrada em vários andamentos, A ILHA DAS QUATRO ESTAÇÕES apresenta-se ora sob o signo das sombras e da barroquização, ora sob o signo das luzes e da utopia. Numa análise irónica, mordaz e sarcástica, mas também lúdica e parodística, num virtuosismo contístico amplamente reconhecido na escrita do autor, JOSÉ VIALE MOUTINHO desvenda múltiplas situações insulares.

— Leonor Martins Coelho

SOBRE O AUTOR

JOSÉ VIALE MOUTINHO (Funchal, 1945), ficcionista, poeta e ensaísta, estreou-se na escrita com NATUREZA MORTA ILUMINADA, em 1968. É autor de uma obra diversificada, na qual se inclui poesia, romance, conto, ensaio, prosa etnográfica, um conjunto de colectâneas de literatura oral e tradicional e ainda cerca de meia centena de livros para crianças. A sua obra compreende também trabalhos de investigação nas áreas de Literatura Popular, da Guerra Civil de Espanha e da deportação espanhola nos campos de concentração nazis, bem como inúmeros estudos sobre Camilo Castelo Branco e Trindade Coelho. Alguns dos livros da sua vasta produção literária encontram-se publicados em vários países, como em Espanha, na Áustria, na Itália, na Alemanha, na Bulgária, na Hungria, na Rússia e no Brasil. A sua obra é multifacetada concedeu-lhe um lugar de destaque na produção literária contemporânea, galardoada, até à data, com relevantes prémios literários nacionais e internacionais, tais como o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores; o Prémio Edmundo de Bettencourt de Conto e de Poesia, pela Câmara Municipal do Funchal; os Prémios de Reportagem Kopke, Norberto Lopes/Casa da Imprensa de Lisboa e El Adelanto, Salamanca, Pedrón de Honra, Santiago de Compostela; e o Prémio Rosalía de Castro, pelo Pen Club da Galiza.

Assina, entre outros livros, AS PORTAS ENTREABERTAS (1975/85), ROMANCEIRO DA TERRA MORTA (1988), CENAS DA VIDA DE UM MINOTAURO (2002), SOMBRA DO CAVALEIRO ANDANTE. ANTOLOGIA POÉTICA 1975-2003 (2004), DESTRUIÇÃO DE UM JARDIM ROMÂNTICO (2008), A NOITE DE RAVENSBRUCK (2010), QUATRO MANHÃS DE NEVOEIRO (2016), MONSTRUOSIDADES DO TEMPO DO INFORTÚNIO (2018) e OS CIMENTOS DA NOITE. POESIA 1975-2018 (2020).

DETALHES DO PRODUTO

ISBN: 9789899062016
Edição: 
02/2021
Editor: 
Imprensa Académica
Idioma: 
Português
Dimensões: 
150 x 235 x 11 mm
Encadernação: 
Capa mole
Páginas: 
188
Tipo de Produto: 
Livro
Classificação Temática: 
Livros em Português > Literatura > Contos